Câmeras de segurança para prevenir e evidenciar

Câmeras de segurança para prevenir e evidenciar

Quando o assunto é falta de segurança, muitos casos são impossíveis de se remediar. Por outro lado, existem maneiras de investir em prevenção e, ao mesmo tempo, no registro de provas. E elas podem ser fundamentais para solucionar crimes. É o caso do sistema de monitoramento de câmeras de segurança.

 

Há algum tempo o videomonitoramento vem ganhado as ruas de muitas cidades do Brasil. Controlado pelas forças policiais, ele ajuda a aumentar a sensação de proteção e orientar ações em tempo real. Com a popularização deste sistema, as câmeras de segurança de estabelecimentos comerciais e residências também têm auxiliado muito no trabalho de investigação da polícia. Isso porque, elas podem identificar criminosos e, assim, fornecer provas de responsabilização.

 

Alcance sem limites

 

Há sempre diversos grupos de WhatsApp dos mais diferentes Estados do Brasil que compartilham informações de um assalto que são obtidos a partir destas câmeras. Apesar de muitas vezes não ser confirmada a procedência dos fatos, fotos de câmeras de segurança possuem o poder de disseminar a imagem do rosto de bandidos. Ressalvada a questão de repassar informações sem antes comprovar a veracidade dos fatos, percebe-se assim o alcance proporcionado pela tecnologia.

 

Monitoramento de câmeras de segurança

 

E se há como prevenir e evidenciar, porque não contar com o olhar atento e altamente treinado de uma equipe de segurança? Na Protector o serviço compreende o acompanhamento e análise das imagens em tempo real na sala de monitoramento. Tudo por meio das câmeras de segurança instaladas no ambiente protegido.

 

Dessa forma,  o cliente pode ter seu estabelecimento monitorado 24 horas por dia, sete dias por semana. O serviço também pode ser combinado com o sistema de monitoramento de alarme. Outra vantagem é a possibilidade de agendamento para que um operador acompanhe virtualmente a entrada e saída de funcionários ou outros eventos específicos.

 

Foto: iStock/alice-photo